banner de publicidade do google na horizontal

Litisconsórcio Significado

Litisconsórcio é quando mais de uma pessoa física ou jurídica dentro do mesmo polo processual. A ideia de um autor e um réu é relativizada. Há 9 tipos: Litisconsórcio Facultativo, que é quando… Saiba mais.

23/06/2022 - 20:14

Botão do WhatsApp

continua depois da publicidade

O que é Litisconsórcio?


Litisconsórcio é a pluralidade de partes no mesmo polo processual. Em outras palavras, o processo poderá ter 2 ou mais autores, bem como 2 ou mais réus. Assim, as pessoas que demandam uma ação em conjunto são chamadas litisconsortes. Portanto, o litisconsórcio permite a junção de partes interessadas no mesmo processo. Dessa forma, o litisconsórcio pode ser dividido em 9 tipos:

  • Litisconsórcio Ativo: Quando tem 2 ou mais autores;
  • Passivo: Quando tem 2 ou mais réus;
  • Misto: Quando tem 2 ou mais autores e 2 ou mais réus;
  • Inicial: Aquele que já é formado no início da ação;
  • Ulterior: Aquele que é formado depois do início do processo;
  • Facultativo: Sua formação não é obrigatória (Art. 113);
  • Necessário: Ocorre por disposição da lei ou quando, a eficácia da sentença depender da citação de todos que devam ser litisconsortes (Art. 114);
  • Unitário: Quando a sentença deve ser a mesma para todos os litisconsortes do mesmo polo. Pode ser facultativo ou necessário (Art. 116);
  • Litisconsórcio Simples: Sempre que acontece litisconsórcio, mas não há necessidade da identidade de decisão para todos (Art. 117).

Conceito doutrinário


Conceito de litisconsórcio:

“Há litisconsórcio quando houver mais de um autor ou mais de um réu, por exemplo”.

Fundamentação legal de litisconsórcio


Continue depois da publicidade

A fundamentação jurídica deste está expressa no Código de Processo Civil, do Art. 113 ao 118. Desta forma demonstra o Art. 113:

Art. 113. Duas ou mais pessoas podem litigar, no mesmo processo, em conjunto, ativa ou passivamente, quando:

I – entre elas houver comunhão de direitos ou de obrigações relativamente à lide;

II – entre as causas houver conexão pelo pedido ou pela causa de pedir;

III – ocorrer afinidade de questões por ponto comum de fato ou de direito.

§ 1º O juiz poderá limitar o litisconsórcio facultativo quanto ao número de litigantes na fase de conhecimento, na liquidação de sentença ou na execução, quando este comprometer a rápida solução do litígio ou dificultar a defesa ou o cumprimento da sentença.

§ 2º O requerimento de limitação interrompe o prazo para manifestação ou resposta, que recomeçará da intimação da decisão que o solucionar.

Continue depois da publicidade

O Código de Processo Civil – CPC pode ser consultado gratuitamente no site do Planalto.

continua depois da publicidade

Exemplos de Litisconsórcio


Em resumo, um exemplo de litisconsórcio para você compreender melhor é o seguinte: Maria e outras 9 pessoas compraram uma mercadoria em uma loja, porém a mercadoria veio com defeito e a loja não quis trocar. Desse modo, Maria pode se litisconsorciar com as outras 9 pessoas e entrar com um processo contra a loja. Assim, ao invés de ter 10 processos diferentes com o mesmo objetivo, temos 1 processo em litisconsórcio no polo ativo da ação.

Origem etimológica


A principio, a origem etimológica da palavra litisconsórcio vem do latim: litis + consortium. Dessa forma, litis significa “lide”, “processo”, “demanda”. Por outro lado, consortium significa “associação”, “participação”. Portanto, litisconsortium de maneira literal é associação na lide, ou seja, pessoas irão se associar para participar do processo.

Classificação morfossintática


Litisconsórcio é um substantivo masculino; termo jurídico.

Litisconsórcio está na categoria: Dicionário Jurídico

Referência bibliográfica


DIDIER JÚNIOR, Fredie. Curso de direito processual civil, v. 1, p. 509.

Camilla Viriato

Mineira, empreendedora e fundadora do Eu Tenho Direito. Camilla acredita que enquanto houver alguém querendo explicar de um jeito simples, haverá alguém capaz de entender. E é pela harmonia entre informação, inclusão e algoritmos que pauta seus trabalhos.

Camilla Viriato

Mineira, empreendedora e fundadora do Eu Tenho Direito. Camilla acredita que enquanto houver alguém querendo explicar de um jeito simples, haverá alguém capaz de entender. E é pela harmonia entre informação, inclusão e algoritmos que pauta seus trabalhos.

Veja também


>
Success message!
Warning message!
Error message!